8 Anos da Lira & Associados!

 

Alexandre Lira de Oliveira

Como é possível perceber pela nova cara de nosso site, a Lira & Associados está em festa. No dia 1º de maio de 2013 – Dia do Trabalho – completamos 8 anos de atividades, sendo a data do aniversário sempre uma ótima época para a reflexão. Felizmente a nossa história traz muito mais alegrias que dissabores, sendo que com o passar do tempo firmamos a nossa cultura, baseada nos nossos valores de honestidade, diferenciação, relevância e assertividade. Após 8 anos de operações conseguimos sentir a força dessa cultura, que faz com que os jovens advogados que se juntam ao nosso coeso e robusto time, sejam logo orientados a seguir as nossas tradições e a forma como fazemos as coisas.

Ampliando o foco da análise ao contexto do Brasil, percebemos que estes 8 anos também trouxeram grandes mudanças. O prolongamento da crise mundial esclareceu que a populista política econômica brasileira – baseada na exportação de commodities, alta carga tributária, desconexo sistema fiscal e combate às importações e contaminada pela ineficiência endêmica de tudo o que vem do Setor Público – precisa ser diametralmente mudada. O Brasil tem que se tornar competitivo rapidamente, com choques de gestão pública, ou terá que se fechar ao mercado internacional, retroagindo de forma humilhante e degradante a um estágio pré-Collor.

A vitória do embaixador brasileiro Roberto Azevedo ao cargo de Diretor-Geral da Organização Mundial do Comércio, anunciada no dia 7 de maio de 2013, nos leva a crer de forma otimista que a opção deverá ser pelo desenvolvimento do nosso país. A pergunta que resta é: terá o governo atual a força para se desgastar politicamente lutando contra interesses diversos ao progresso de nossa nação na véspera do ano eleitoral? Baseados na história política atual – em que reformas que conflitam com interesses de camadas bem representadas não são feitas há uma década – e também nos históricos de regimes democráticos eleitorais, é muito difícil manter o otimismo quanto a rápidas mudanças.

Contudo, compete a nós particulares lutarmos pelo nosso país, certos de que o esforço individual de cada um – ou de pequenos núcleos que nada mais são do que gotas num oceano, como é o grupo da Lira & Associados – pode contribuir para a transformação de nossa sociedade. Afinal, como exposto pelo inglês David Stephen Mitchell na conclusão de sua magnífica obra “Cloud Atlas[i]”, de que é formado o oceano senão pela junção de milhões de gotas?