Legal Operations e suas particularidades

Ana Coracini
Isabela Moreira

O Legal Operations é o setor que engloba todas as áreas de um escritório de advocacia, do contencioso ao financeiro, da consultoria ao RH, desenvolvendo e aplicando fluxos de trabalhos, sinalizando, disponibilizando e otimizando os processos internos, aplicando sistemas de gestões, com o uso de tecnologias como Power BI e buscando estar atento as inovações, organizando e administrando documentos, além de receber e repassar informações com segurança. É um setor que está além da controladoria jurídica, possuindo em seu time colaboradores com diversas formações acadêmicas fora do Direito, como contadores, administradores e até engenheiros.

Dentro do contencioso, a equipe de Legal Operations atua simplificando as atividades do advogado, usando da tecnologia para controlar fluxos, gerir prazos, organizar documentos, gerar relatórios a serem enviados aos clientes, visando que o advogado tenha tempo para se dedicar as questões técnicas de cada processo, não havendo a necessidade de se preocupar com assuntos operacionais e burocráticos.

A atuação e o bom desenvolvimento de um setor de Legal Operations em escritórios de advocacia, traz vantagens para ambos os lados da relação advogado/cliente, vez que se tem como primordial a busca por respostas rápidas e assertivas, gerenciamento de informações e redução de custos, sempre buscando qualidade e desenvolvimento.

Uma ferramenta importante para o Legal Operatios é a medição de KPI’s, sendo essa a sigla que corresponde a Key Performance Indicator, uma técnica de gestão conhecida em português como Indicador-chave de Desempenho.

Com KPI’s é possível o time de Legal Operations avaliar o desempenho de processos, dos resultados e principalmente dos impactos financeiros. Verificar a quantidade, qualidade e prazos de duração dos processos, tornou-se fundamental e auxilia escritórios e seus clientes nas tomadas de decisões estratégicas.

Por atuar em diversas frentes é essencial que os profissionais que atuam nesta área, possuam formações acadêmicas fora do Direito, tais como contadores, engenheiros, administradores, programadores, estatísticos dentre outras, para assim ampliar a visão do departamento.

É preciso estar disposto a buscar novas ferramentas de trabalho, usar a tecnologia e a criatividade ao seu favor, para que o escritório de advocacia se torne cada vez mais um parceiro de negócios do seu cliente.

Escritórios que já investiam em setores de gestão jurídica, como controladorias e Legal Operations, estão desenvolvendo estratégias para seus clientes implementarem mudanças em seus sistemas operacionais, para que haja gestão, segurança na informação, transparência e agilidade.

 Sendo assim, a Lira Advogados segue atenta nas mudanças e investindo cada vez mais em inovação para anteder os clientes com o que há de melhor e mais moderno, focando sempre no sucesso do cliente.

Nós usamos cookies e para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade
Fechar